Final do dia na Fenda do Bimbe (Humpata, Huíla, Angola)

Final do dia na Fenda do Bimbe. Huíla, Angola.

 

Final do dia na Fenda do Bimbe. É mais um lugar mágico na província da Huíla, ha uns quilómetros da Humpata, aonde se chega com esforço, subindo por uma picada bastante intransitável. Um lugar com vista privilegiada na margem do Planalto, de onde se vê bem a escarpa que se eleva abruptamente por quase 1000m e neste ponto atinge uma altitude de quase 2300m acima do nível do mar. Lá, na época das chuvas, ha vezes que no mesmo dia alternam 4 estações! Este era um dia assim! Dia de verão, mas bastante frio, tinha acabado de chover torrencialmente, o nevoeiro estava a levantar-se devagar como bolas de algodão e revelava as terras dos Mucubais lá em baixo ao longe, agora iluminadas pelos mágicos raios do sol do fim da tarde. O ar limpo e refrescante, aquele cheiro pós-chuva, a vegetação tão única destas altitudes e paralelos, as rochas estranhamente amontoadas…tudo parecia surreal, e por ventura, extremamente semelhante ao lugar mágico do filme desenhado "UP!". O sol lutava com as nuvens, mas estas prevaleceram em poucos minutos, o céu fechou-se novamente com séria ameaça de mais chuva, a temperatura baixou bruscamente para 14ºC e rapidamente tirei esta sequência de fotos enquanto andava boquiaberto, sem saber qual maravilha fotografar primeiro. Um excelente dia de verão, fresco, no coração de Angola. (© Angola Image Bank/© Kostadin Luchansky | KODILU | Angola Image Bank)

Final do dia na Fenda do Bimbe. É mais um lugar mágico na província da Huíla, ha uns quilómetros da Humpata, aonde se chega com esforço, subindo por uma picada bastante intransitável. Um lugar com vista privilegiada na margem do Planalto, de onde se vê bem a escarpa que se eleva abruptamente por quase 1000m e neste ponto atinge uma altitude de quase 2300m acima do nível do mar.

Lá, na época das chuvas, ha vezes que no mesmo dia alternam 4 estações! Este era um dia assim! Dia de verão, mas bastante frio, tinha acabado de chover torrencialmente, o nevoeiro estava a levantar-se devagar como bolas de algodão e revelava as terras dos Mucubais lá em baixo ao longe, agora iluminadas pelos mágicos raios do sol do fim da tarde.

O ar limpo e refrescante, aquele cheiro pós-chuva, a vegetação tão única destas altitudes e paralelos, as rochas estranhamente amontoadas…tudo parecia surreal, e por ventura, extremamente semelhante ao lugar mágico do filme desenhado “UP!”. O sol lutava com as nuvens, mas estas prevaleceram em poucos minutos, o céu fechou-se novamente com séria ameaça de mais chuva, a temperatura baixou bruscamente para 14ºC e rapidamente tirei esta sequência de fotos enquanto andava boquiaberto, sem saber qual maravilha fotografar primeiro.

Um excelente dia de verão, fresco, no coração de Angola.

Visite Angola Image Bank em http://www.angolaimagebank.com para mais fotos do mesmo lugar…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *